Devocional

Dia 19: Filho de Débora

Clamaram os filhos de Israel ao Senhor, porquanto Jabim tinha novecentos carros de ferro e, por vinte anos, oprimia duramente os filhos de Israel.

Juízes 4:3

 

Débora foi juíza em Israel e provocou o levante de um exército de 10.000 homens para enfrentar os seus opressores, mas nem todas as tribos foram para a batalha.

 

Nos dias de Sangar, filho de Anate, nos dias de Jael, cessaram as caravanas; e os viajantes tomavam desvios tortuosos. Ficaram desertas as aldeias em Israel, repousaram, até que eu, Débora, me levantei, levantei-me por mãe em Israel.

Juízes 5:6-7

 

Inspirada por Deus, levou a batalha para um território de charcos e lodo, o que neutralizou a função dos carros e tendo vencido, louvaram à Deus. Débora porém, num cântico deixa claro aqueles que seriam honrados e aqueles que rejeitaram a guerra. Transcrição de Juizes 5:16-17 na versão O Livro:

 

 

Porque ficas sentado em casa, no meio dos rebanhos, ouvindo os balidos dos animais e as flautas dos pastores? Sim, a tribo de Rúben não pode estar com a consciência descansada. Porque ficou também Gileade do lado de lá do Jordão, e porque razão Dan ficou à beira dos seus barcos? E qual a razão que levou Aser a deixar-se estar impassível, nas praias, descansando junto aos seus portos? 

 

 

Não há descrito nos textos bíblicos o nome de um filho de Débora, porém ela se levanta em nome do Senhor tendo Israel por filho! Desta forma, as características dos filhos se enquadram a todos nós. Destaquei as palavras ”ficas sentado em casa”, “consciência descansada”, “ficou do lado de lá”, “ficou à beira”, “impassível”, “descansando”… são atitudes ligadas à batalha.

 

Te convido a começar a orar comigo e se inspirar mergulhando no Poder de Deus para continuar esta oração por si mesma, pelos filhos; “por Israel”.

 

 

Pai, hoje; como Déboras, nos levantamos para neutralizar a força do inimigo, rejeitando toda indolência e negligência enquanto vemos nossos irmãos batalhando, pois não somos medrosos ou covardes. Não ficaremos mais sentados em casa, nem com a consciência descansada, nem olhando do outro lado, impassíveis ou descansando. A inspiração divina vem sobre nós para neutralizar a ação do maligno que até aqui neutralizou os filhos de Israel.

 

 

Pai, nosso Pai, bem sabemos que por causa da Tua misericórdia não somos consumidos e também porque o Senhor tem um plano a nosso respeito! Te pedimos perdão pelo “descaso” com que tratamos o Teu Reino e a missão desbravadora de libertar almas submetidas à jugos de ferros. Mas o Senhor é aquele que vai adiante de nós endireitando os caminhos tortos, quebrando portas de bronze e ferrolhos de ferro” (Is.45-2). Levanta-nos! Fortalece-nos! Inspira-nos! Liberta-nos para cumprir o teu chamado. Desperta-nos! Desperta-nos! Em Nome de Jesus, amém!

 

 

Pra Simone Martins

 

 

Por questão de segurança, em breve seus comentários serão avaliados e liberados por nossos voluntários de comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *