Devocional

Dia 36: Filho da mulher cananéia

E eis que uma mulher Cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada. Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós. E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me! Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos. E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores. Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã. Mateus 15:22-28

 

Lendo os Evangelhos vemos multidões seguindo Jesus que ensinava, libertava e curava todos. Muitos se achegavam a Ele transpondo as multidões e clamando por seus entes queridos. Jesus era (e é) a solução, o único recurso.

 

A mulher desta história não era do povo de Deus e sim de um povo que tinha outras crenças, então podemos pensar ou imaginar que antes de procurar Jesus esta mãe buscou o recurso da qual conhecia ou mesmo cria, (assim como a mulher do fluxo de sangue). Sem resposta para a sua angustia também não se sabe como ouviu falar de Jesus e sabendo que estava na região, foi até Ele.

 

Agora veja, ela clamava reconhecendo Jesus como filho de Davi, como Senhor. Se humilhou a tal ponto que perseverou mesmo na rejeição. A sua declaração em resposta final a Jesus é para mim o ponto alto da sua posição de fé: “até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa do seu senhor”, ou seja: (digo eu) – “um farelo da sua atenção, um farelo do que tens é suficiente para libertar, para devolver a vida, para sarar! Um farelo! Uma migalha! ”

 

Algumas de nós já passaram por muitas crenças diferentes, mas a partir do reconhecimento do Filho de Davi, Jesus o Senhor, tudo vira passado e o Filho cura todo o passado!

 

Hoje nossa oração é por uma fé perseverante, persistente e insistente, tão livre a ponto de nos sentirmos livres mesmo na humilhação:

Pai, rejeitamos toda fuga e refugo nas crenças passadas ou mesmo propostas diante de qualquer impossibilidade que venhamos a enfrentar. Reconhecemos que não há Deus, senão o Senhor e jamais haverá outro! Oramos pelo posicionamento nosso e do nosso filho nessa fé inabalável e invariável. Que nosso filho rejeite qualquer proposta de solução que não seja no Senhor Jesus. Que nosso filho não se envolva com outras crenças, falsas ciências, heresias e que ao contrário disso seja conhecedor da Palavra e que busque a Palavra revelada para não ser levado por qualquer vento de doutrina. Que nossa fé seja perseverante, insistente, persistente, livre a ponto de nos sentirmos totalmente livres e ainda nos agradarmos na humilhação no Senhor, e que possamos sempre ouvir do Pai “Seja isso feito para contigo como tu desejas”. Em Nome de Jesus, Amém!

 

Pra Simone Martins.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *