Devocional

Dia 9: Filho de Bila

Esta serva foi dada à Jacó para ter filhos com ele, pois Raquel sua senhora, não gerava e disputava a atenção de seu marido com a irmã Lia.

Respondeu ela: Eis aqui Bila, minha serva; coabita com ela, para que dê à luz, e eu traga filhos ao meu colo, por meio dela. Gênesis 30:3

De Jacó, Bila gerou Dã e Naftali.

Não vamos aqui discorrer sobre a mulher Bila e sim sobre a mãe Bila. Seria como pensar nos dias de hoje, entregá-los para outra mãe. A mãe que os recebeu nos braços certamente muito se alegrou, porém, ela também engravidou e tem seu próprio filho para cuidar.

 

Agora Bila, é uma concubina que tem dois filhos ilegítimos que deixam de ter a atenção daquela que mais os queria. Segundo o costume, estes filhos não terão a mesma atenção, o mesmo tratamento que os herdeiros legítimos. Não são os festejados “primeiros” nem os “últimos” os caçulas! Lembram-se de Jacó voltando para encontrar o seu irmão Esaú?

Pôs as servas e seus filhos à frente, Lia e seus filhos atrás deles e Raquel e José por últimos.

Gênesis 33:2

Nessa passagem vemos que se caso o irmão de Jacó o atacasse com fúria, as servas e seus filhos seriam os primeiros atingidos. Se nos colarmos no lugar desta mãe Bila, podemos pensar no seu temor quanto a integridade física de seus filhos, quanto ao futuro deles.  Fato é que não precisamos de uma história similar para tantas vezes nós sentirmos esse aperto no coração quanto ao “o que será deles”.

 

Oremos pelo futuro dos nossos filhos e que eles achem graça diante de Deus e dos homens. Para isso contextualizaremos Provérbios 3:1-12 na versão NVT. Vamos lá?

 

Meu filho     (nome)     , não esquece minhas instruções e guarda meus mandamentos em seu coração. Por isso, viverá muitos anos, e sua vida será cheia de paz. Ele não abandona a bondade nem a lealdade, apegado a elas brota-lhe do fundo do coração. Esse é o motivo de sempre conseguir favor e ter boa reputação, diante de Deus e das pessoas. Ele confia no Senhor de todo o coração; não depende de seu próprio entendimento. Porque busca a vontade de Deus em tudo que faz, Deus lhe mostrará o caminho que deve seguir. Meu filho não se impressiona com sua própria sabedoria; teme ao Senhor e se afasta do mal. Por isso tem e sempre terá saúde para o corpo e força para os ossos. Honra o Senhor com suas riquezas e com a melhor parte de tudo que produz, os seus celeiros se enchem de cereais e seus tonéis transbordam de vinho. O meu filho, não rejeite a disciplina do Senhor e não desanima quando é corrigido, pois sabe que o Senhor corrige a quem ama assim como o pai corrige o filho a quem ele quer bem.

 

Pra Simone Martins.

Por questão de segurança, em breve seus comentários serão avaliados e liberados por nossos voluntários de comunicação.
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *