Palavra Rhema

Uma Igreja vigilante

O Senhor Jesus, antes de ir para a cruz, deu esta ordem aos apóstolos, como está escrito em Mateus 26:41: “Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca”.

Vamos juntos prestar atenção nesta direção do Senhor Jesus à Igreja, que nasceu nos apóstolos.

Jesus sabia que o que estava por vir. Seria, na verdade, uma guerra. E, para esta guerra, a Igreja deveria se preparar sendo vigilante.

Tudo o que vem acontecendo com a humanidade, desde que Jesus foi elevado aos céus, deveria preparar a mente de todo o cristão, alertando-o sobre como agir.

A Igreja vigilante sabe interceder, discernir, guardar e, acima de tudo, dar esperança a todos que dela se aproximarem.

“Portanto, estejam com a mente preparada, prontos para agir; estejam alertas e ponham toda a esperança na graça que será dada a vocês quando Jesus Cristo for revelado”. (I Pedro 1:13)

Atentos para ouvir a voz de Deus,

Pastores Joel e Tania de Castro Ribeiro