Devocional

Dia 16: Filho de Zípora

Tendo Moisés fugido do Egito, chegou a Midiã e casou-se com uma das filhas de Jetro; Zípora que lhe deu dois filhos: Gerson e Eliézer. Seu tempo ali foi de 40 anos até que Deus o chamou do meio da sarça ardente para voltar ao Egito e libertar o povo das mãos de faraó.

Tomou, pois, Moisés a sua mulher e os seus filhos; fê-los montar num jumento e voltou para a terra do Egito. Moisés levava na mão o bordão de Deus. Ex.4:20

 

Até aí, vemos uma família unida para cumprir um propósito, porém, veja a continuidade do texto:

Estando Moisés no caminho, numa estalagem, encontrou-o o Senhor e o quis matar. Então, Zípora tomou uma pedra aguda, cortou o prepúcio de seu filho, lançou-o aos pés de Moisés e lhe disse: Sem dúvida, tu és para mim esposo sanguinário.     Êxodo 4:24-25

 

 

Existem muitos estudos teológicos e históricos a respeito do que aconteceu na estalagem a caminho do Egito, porém nosso foco não está nisso agora, mas sim, na atitude de Zípora, pois é evidente, pelo texto, que ela estava muito contrariada, mas obedeceu a Deus circuncidando o filho para salvar o marido.

 

 

É muito, mas muito comum nossos filhos ficarem contrariados com a santificação durante a caminhada com Cristo. Eles creem, dizem que pertencem a Deus e que amam a Deus, porém na hora do “check-list” vemos que uma ou algumas coisas ainda faltam…

Replicou ele: Tudo isso tenho observado desde a minha juventude. Ouvindo-o Jesus, disse-lhe: Uma coisa ainda te falta: vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro nos céus; depois, vem e segue-me.   Lucas 18:21-22

 

Não só os filhos, mas todos nós nos enquadramos em algum momento nesta situação; de não cumprirmos integralmente o estabelecido por Deus, habilidosos em “contornar” a lei nos enganamos a nós mesmos tendo um coração incircunciso.

 

 

Em oração vamos reconhecer a misericórdia de Deus e o nosso pecado de sermos condescendentes conosco e com nossos filhos. Busquemos a santificação nossa e de nossos filhos mesmo que para isso precisemos tomar medidas drásticas, (como Zípora tomou naquela hora). Mas cuidado; muito temor nessa hora, o Senhor é quem esquadrinha os corações, portanto só Ele conhece verdadeiramente o coração do seu filho e dará a você o devido direcionamento, como fez com Zípora.

 

Pra Simone Martins

 

Por questão de segurança, em breve seus comentários serão avaliados e liberados por nossos voluntários de comunicação

1 comentário em “Dia 16: Filho de Zípora”

  1. Alvacelis TWOREK BAGGIO

    Deus abençoe este Devocional pois já estou vendo mudança em meus filhos,meu filho Guilherme do abençoado com um emprego numa empresa bem boa com todos os direitos louvado seja Deus e outras coisas que tem que ser mudado nós meus filhos creio em Deus que será mudado pra honra e Glória do Senhor Deus abençoe P. Simone!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *